Blog

O que é Análise SWOT?

O que é Análise SWOT?

Houve um tempo em que “faro” e instinto guiaram empreendedores ao sucesso. Esse tempo tem as cores de uma fotografia antiga e, hoje, quem quer garantir o sucesso do negócio precisa de planejamento e estratégia. É nesse contexto que a Análise SWOT, com o objetivo de oferecer uma visão holística para empresas que sabem onde querem chegar.

Palavras como planejamento e estratégia podem até estar presentes no dia-a-dia das empresas, mas não são todos os que realmente planejam com precisão e utilizam estratégias diferenciadas para se destacarem no mercado. A análise SWOT ou a SWOT Cruzada podem ajudar a construir estes diferenciais para sua empresa.

O que é a Análise SWOT?

Análise SWOT ou Matriz SWOT é uma ferramenta de avaliação da sua empresa no ambiente interno e externo. SWOT é acrônimo para quatro palavras inglesas:

  • Strengths (forças);
  • Weakness (fraquezas);
  • Opportunities (oportunidades);
  • Threats (ameaças).

Com o uso desta ferramenta, é possível avaliar as forças e fraquezas do ambiente interno da empresa, além das oportunidades e ameaças que o ambiente externo oferece. Essas informações são importantes para construir a estratégia do negócio.

A técnica da Análise SWOT, também conhecida em português como Análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças), é atribuída ao consultor Albert S. Humphrey, pesquisador da Universidade de Stanford.

Humphrey e sua equipe utilizaram dados das 500 maiores corporações norte-americanas, listadas pela Revista Fortune nas décadas de 1960 e 1970 para fazer o mapeamento conforme os pontos da SWOT, em busca de entender seus diferenciais competitivos em relação aos concorrentes e mercado em geral.

E quais são os pontos da Análise SWOT?

A Matriz SWOT divide a análise em pontos fortes e fracos dos fatores internos e externos que afetam uma empresa, conforme é possível conhecer a seguir:

Análise dos Fatores Internos — São os pontos designados para a parte interna da sua empresa. É importante que sejam bem separados dos fatores externos, para não comprometer os resultados da pesquisa e prejudicar as estratégias.

Strenghts (força): Este ponto leva em consideração as vantagens que a empresa possui internamente em relação aos concorrentes. São todos os pontos que ela se destaca de forma interna, em relação ao resto do mercado. Exemplos: Produtos com maior qualidade, excelente serviço e atendimento, etc.

Weakness (fraqueza): São os pontos de desvantagens que a empresa possui internamente em relação aos concorrentes. Tudo que a sua empresa não consegue superar os concorrentes internamente. Exemplos: Produção com alto custo de fabricação, pouca credibilidade comparado a concorrência, instalações ou recursos humanos pouco eficientes etc.

Análise dos Fatores Externos — Pontos designados para avaliar aspectos externos à empresa.

Opportunities (oportunidades): são as características exteriores positivas que a empresa possui em relação ao concorrente. Tudo que a sua empresa se destaca no mercado, de uma maneira que as demais não o alcancem. Exemplos: Quebra da concorrência (fabricas que faliram), novos clientes vindos da concorrência, tecnologias e meios que a empresa pode explorar antes do mercado etc.

Threats (ameaças): engloba os fatores externos negativos, que podem comprometer o negócio ou prejudicar a empresa em relação ao concorrente. Qualquer informação externa que prejudique ou que a sua empresa não seja capaz de fazer tão bem como a concorrência. Exemplos: Novas tecnologias não-mapeadas, nova concorrência, perda de clientes para concorrência, alternativas ao seu produto ou serviço, crise.

Em quais situações a Análise SWOT se aplica?

Por ser uma avaliação completa dos pontos fortes e fracos das organizações, a Análise SWOT se enquadra em qualquer situação ou cenário, de qualquer empresa, de qualquer porte e segmento. O mais importante é executá-la com precisão em todas as suas etapas, conforme listadas acima, sempre separando corretamente os fatores internos e externos.

Com os dados em mãos e total conhecimento da ferramenta, é possível desenvolver ainda mais as estratégias com a Análise SWOT cruzando-os entre si. Conhecida como Análise SWOT Cruzada, a técnica permite contextualizar as informações e visualizá-las de forma mais aprofundada.

Este tipo de analise ou cruzamento geralmente é feito por uma empresa que já aplica a Análise SWOT há bastante tempo ou tem um apoio técnico focado neste trabalho, que conhece bem esta ferramenta e não passará informações equivocadas durante o cruzamento das mesmas.

O que é Análise SWOT Cruzada?

Análise SWOT Cruzada é a técnica de cruzar as informações levantadas na matriz SWOT e transformá-las em estratégias significantes para o crescimento da sua empresa frente ao mercado e concorrência.

Entenda como é feita a Analise SWOT Cruzada e quais seus resultados, a partir das informações retiradas da pesquisa SWOT.

  • Pontos Fortes x Oportunidades: Do cruzamento destas duas informações, poderão ser construída estratégias mais ofensivas, diretas, que desenvolvam vantagens para a sua empresa em relação as outras no mercado. Uma vez sabendo qual seu ponto de destaque e onde deve atuar, você sabe encaixar estas duas informações e aplicá-las da melhor maneira, se adequando ao seu ramo ou empresa.
  • Pontos Fortes x Ameaças: Já com os resultados das pesquisas entre Forças e Ameaças, cria-se uma estratégia que conflita diretamente com o ambiente da sua empresa e da concorrência, uma vez que você sabe quais são seus pontos fortes internos e as qualidades externos da concorrência.
  • Pontos Fracos x Oportunidades: Entre o cruzamento dos pontos fracos com as oportunidades que existem no mercado, forma-se uma estratégia para aproveitar melhor as oportunidades do que a concorrência, pois aqui você sabe quais pontos tratar internamente e o que pode melhor para buscar mais mercado.
  • Pontos Fracos x Ameaças: Nesta ultima possibilidade as empresas criam estratégias mais defensivas. Estratégias que protejam a empresa em um primeiro momento, buscando corrigir os erros internos e reparar as ameaças externas, para depois partir para uma nova estratégia.

Um planejamento estratégico bem sucedido passa, com certeza, pela Análise SWOT. Dependendo do momento em que se encontra a empresa, a Análise SWOT Cruzada é ainda mais incisiva para a estratégia. Também é importante lembrar que uma Análise SWOT feita com erros ou informações equivocadas (algo que é comum em muitas das empresas que fazem a análise pela primeira vez) podem gerar um resultado diferente e não muito favorável para sua a empresa.

Busque profissionais que já atuem no mercado, com experiência e resultados que você possa confiar e sanar suas dúvidas.

Comentários

comentários